Cake's
Home Ask Twitter
"How many chances I wasted when I wanted most was to prove to everyone that I did not need to prove anything to anyone"
Superar-r ©
»
“Se ame muito para me amar. Me ame de graça e por tudo que sou. Me ame pelas minhas partes tracejadas, picotadas, rasuradas, limpas, claras e legíveis. Me ame quando eu sacudir o avesso de mim. (…) Me ame muito, me ame sempre, me ame quando eu sorrir, chorar, desistir, quando eu quiser recomeçar. Me ame quando eu disser que vou voltar atrás. Me ame quando todo mundo for embora e a festa terminar… Me ame sim, mas entenda que amor para mim é aquele que a gente pode amar sendo quem é, com os pés sujos de andar no chão, com o cabelo emaranhado de tanto cafuné e com o coração livre. Porque a minha vida é a minha vida. A sua vida é a sua vida. Elas quiseram se juntar e andar com as mãos unidas… Eu dou o amor, somente, porque ele vale mais que tudo. E com ele a gente aprende a se amar mais e melhor. Porque o amor não tem título, muito menos definição.”
Clarissa Corrêa.
“Haverá momentos na vida, que, de uma hora para outra, seu jardim seca, e suas flores morrem.”
Fernanda Gomes.
“E outra coisa – não se esforce. Pelo menos, não tanto. Não fique aí remando contra a maré, dando murro em ponta de faca. Veja – se não fora pra ser, não vai ser. Acredite em mim. Coisa boba essa sua tentativa de ir além. E olhe, eu não estou pedindo pra você desistir não, não é isso. Eu só quero que você pense mais… que tenha argumentos melhores.”
Caio Fernando Abreu.
“Não quero ter que aprender a ouvir uma piada sem imaginar a sua reação se eu reconta-se para você logo após. Não estou preparado para tirar você da minha vida tão rápido. Acho que não me importava tanto com uma única pessoa desde que… Bem, eu não me lembro de me importar com ninguém. Você é a primeira, e também a única capaz de mudar tudo. Se quiser, claro.”
Os porquês de Amélia Roswell.